roteiro de formatura

A cerimônia de formatura marca a conclusão de uma longa etapa de preparação e o início de um novo capítulo cheio de dúvidas, expectativas e desafios. Por isso, costuma ser comemorada em grande estilo!

Muitas comissões são formadas e começam seus trabalhos com bastante antecedência para garantir uma festa com a cara da turma. No entanto, a maioria se esquece de um aspecto bem importante: o roteiro de formatura.

Confira algumas dicas para acertar na elaboração desse documento:

Considere a contratação de um cerimonialista

O cerimonialista é quem acompanha todos os preparativos de eventos como a formatura. Ao contratá-lo, a comissão tem a garantia do apoio de um profissional que conhece os melhores produtos, serviços e procedimentos do mercado.

No entanto, a contratação de um cerimonialista não é obrigatória. Caso a comissão de formatura não tenha orçamento suficiente para isso, é possível organizar tudo por conta própria.

Tome cuidado para não deixar o roteiro cansativo

Ainda que a cerimônia seja um momento bem especial para quem está se formando, é importante tomar cuidado na hora de elaborar o roteiro de formatura para não deixar os convidados cansados ou confusos.

Discursos muito longos ou cheios de piadas internas tendem a fazer com que a plateia perca o interesse na solenidade. Faça as homenagens necessárias e relembre os momentos únicos da turma, mas sem exagerar.

Atente-se para a ordem da solenidade

Não existe um roteiro de formatura único ou perfeito. Desde que a cerimônia transmita a personalidade da turma e prenda a atenção dos convidados, ela cumpre seu papel como um rito de passagem com significado.

No entanto, existem algumas etapas que você deve considerar para deixar a solenidade mais completa. Vale a pena se reunir com a turma para discutir a condução de momentos como:

  • Composição da mesa
  • Entrada dos formandos
  • Mensagem religiosa (opcional)
  • Abertura oficial
  • Hino nacional
  • Discurso do orador da turma
  • Discurso do patrono
  • Discurso do paraninfo
  • Juramento
  • Entrega do diploma
  • Homenagens
  • Discurso da autoridade máxima da mesa

Também é importante se atentar para as regras da universidade quanto às formaturas. Em alguns casos, a possibilidade de personalização da colação de grau é limitada.

Escolha um bom orador para a turma

O orador é o responsável pelo primeiro discurso da noite. Por isso, é importante que a turma escolha um colega que se relacione bem com todos, seja conhecido por seu carisma e consiga se expressar com clareza.

Como porta-voz da turma, é interessante que o orador busque escutar seus colegas para elaborar um discurso coerente com a trajetória acadêmica. Também é importante que ele tome cuidado com a extensão do texto.

Capriche nas homenagens

Dificilmente um estudante consegue se formar sem a ajuda de outras pessoas. Portanto, a colação de grau também é o momento de agradecer àqueles que sempre ofereceram seu apoio.

Pais, professores e funcionários da instituição de ensino são as figuras que tradicionalmente recebem esse reconhecimento. Mas vale conversar com a turma sobre a inclusão de outras pessoas, como avós, tios e companheiros.

E então, o que achou das nossas dicas para criar um bom roteiro de formatura? Conte para a gente nos comentários!